in , , ,

Leitos para Covid-19 no interior do MA ultrapassam 80% de ocupação e colapso se aproxima

Com o aumento de casos do novo coronavírus no interior do Maranhão a taxa de ocupação dos leitos nas cidades maranhenses vem tendo alta crescente. Leitos clínicos e de UTI superaram a casa de 80% e a região se aproxima de um colapso nas duas especialidades.

Os leitos de UTI, que atende pacientes em estado grave da Covid-19, a taxa de ocupação é de 80,85%. São 114 ocupados e apenas 27 disponíveis. Quando se trata de leitos clínicos a situação ainda é pior. Dos 412 leitos apenas 51 estão livre. A especificidade para atender pacientes em estado moderado tem 87,62% de ocupação.

A Grande São Luís, que é considerada epicentro da doença no Maranhão, teve diminuição de seus números, mas as UTIs ainda não caíram o suficiente e são uma preocupação: taxa de 96,25%, com apenas 9 dos 240 disponíveis na rede estadual.

O leitos cínicos tiveram uma grande oferta recente e tem taxa baixa: 29,39%. São 752 leitos na rede estadual da Ilha e 221 estão ocupados.

Segunda maior cidade do Maranhão e com alta vertiginosa de casos nos últimos dias, Imperatriz também tem dados alarmantes. A taxa de ocupação de leitos clínicos é de 93,83%, com apenas cinco livres dos 81 que a cidade possui na rede estadual.

Em relação aos leitos de UTI na cidade de Imperatriz a taxa de ocupação é de 85,19%. Dos 54 da rede estadual apenas oito estão livres.Os dados desta reportagem foram fornecidos pela Secretaria Estadual de Saúde na noite desta terça-feira (2) e um novo boletim será divulgado nesta quarta (3).

Maranhão passou da marca dos mil mortos por Covid-19 ao registrar 1.028 em boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgado na noite desta terça-feira (2). Os dados da secretaria mostram que o estado tem 38.174 casos confirmados e 12.741 curados da doença.

Dos casos novos confirmados nas últimas 24h, 161 são na Ilha de São Luís (São Luís, Raposa, paço do Lumiar e São José de Ribamar), 75 em Imperatriz e 1.313 em outros municípios.

Foram 31 óbitos confirmados neste boletim, sendo que São Luís voltou a liderar a lista com mais mortes em 24h. A capital aparece com sete mortes, seguida por Caxias (4), Pedreiras (2), Lago da Pedra (2), Presidente Sarney (2), Pindaré-Mirim, Santa Rita, Pinheiro, Governador Newton Bello, João Lisboa, Mirinzal, Olinda Nova, Zé Doca, Viana, Alcântara, Trizidela do Vale, Paço do Lumiar, Bacabal e Vargem Grande.

O estado tem 24.405 casos ativos, 1.126 casos suspeitos e 22.398 descartados. O boletim mostra ainda que dos 217 municípios maranhenses, 213 registraram casos.

Taxa de ocupação de leitos de UTI

Leitos de UTI para a Covid-19 na Grande São Luís

Total de leitos de UTI – 240

Leitos ocupados de UTI – 231

% de ocupação das UTIs – 96,25%

Leitos clínicos para a Covid-19 na Grande São Luís

Total de leitos – 752

Leitos ocupados – 221

Porcentagem de ocupação – 29,39%

Leitos de UTI para a Covid-19 no interior

Total de leitos – 141

Leitos ocupados – 114

Porcentagem de ocupação – 80,85%

Leitos clínicos para a Covid-19 no interior

Total de leitos – 412

Leitos ocupados – 361

Porcentagem de ocupação – 87,62%

Leitos de UTI para a Covid-19 em Imperatriz

Total de leitos – 54

Leitos ocupados – 46

Porcentagem de ocupação – 85,19%

Leitos clínicos para a Covid-19 em Imperatriz

Total de leitos – 81

Leitos ocupados – 76

Porcentagem de ocupação – 93,83%

Ficar em casa

Ficar em casa é importante porque, segundo as autoridades de saúde, é a única maneira mais eficaz no momento para frear o aumento repentino no número de casos, o que poderia causar um colapso no sistema de saúde pela falta de leitos e de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Um colapso causaria a diminuição drástica da capacidade do sistema de saúde em cuidar dos pacientes, o que aumenta a chance de óbitos por Covid-19 e também por outras doenças.

Cuidados

Para evitar a proliferação do vírus, o Ministério da Saúde recomenda medidas básicas de higiene, como lavar as mãos com água e sabão, utilizar lenço descartável para higiene nasal, cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo. Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.

G1 MA

Redação Jornal Maranhão Agora

Written by Redação Jornal Maranhão Agora

Whatsapp +55 98 9911-4223

Deixe uma resposta

Conta de energia pode ser parcelada em até 12 vezes no cartão de crédito

Encalhado há três meses, navio começa a flutuar após retirada de 145 mil toneladas de carga no MA