O artista plástico Reginaldo Pereira, que nasceu na cidade de Bom Jardim, a 275 km de São Luís, e que atualmente mora em Uberaba, no estado de Minas Gerais, será um dos homenageados na Albânia com o prêmio “Pegasiane” pelo seu trabalho artístico e também pelo seu incentivo às letras.

O prêmio do artista plástico maranhense que será dado pela Academia Alternativa de Artes da Albânia em parceria com a Academia de Letras do Brasil (ALB) Seccional Uberaba, no estado mineiro homenageia brasileiros que contribuíram no ano de 2019 para o desenvolvimento das Ciências, Letras e Artes no Brasil e no mundo.

Há cerca de um ano, o artista plástico construiu uma biblioteca comunitária na cidade de Bom Jardim com acervo de quase 5.000 livros e algumas obras literárias foram adquiridas com recursos próprios, outros doados por amigos dele na capital e de Bom Jardim.

Além dessa homenagem, Reginaldo Pereira será empossado como membro imortal acadêmico da Academia de Letras do Brasil, (ALB) Seccional Uberaba no próximo mês de fevereiro.

G1/MA