in , , , ,

Polícia prende grupo suspeito de praticar assaltos a bancos no Maranhão

A Polícia Civil do Maranhão prendeu oito suspeitos de envolvimento em assaltos a banco na modalidade “sapatinho”, em que invadem a casa do gerente de uma agência bancária para fazer reféns familiares do bancário, obrigando-o a abrir os cofres do banco e liberando o dinheiro.

A apresentação dos suspeitos foi feita ontem, 04, na sede da Secretaria de Segurança Pública, localizada no bairro Outeiro da Cruz. De acordo com o chefe da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), delegado Armando Pacheco, no dia 7 de agosto deste ano, na cidade de Buriticupu, um dos suspeitos identificado como Anderson da Silva Viana sequestrou os familiares do gerente do Banco do Brasil. No entanto, “por um erro” Anderson e seus comparsas não conseguiram retirar o dinheiro da agência bancária.

“Desde então, a Seic vem investigando a autoria deste crime. Chegamos a este suspeito, o monitoramos, e descobrimos que nesta semana a quadrilha cometeria mais um ‘sapatinho bancário’ contra o gerente e o tesoureiro de Poção de Pedras. Deslocamos equipes da Seic para Poção de Pedras, Pedreiras e Bacabal, cidades por onde estavam espalhados os integrantes desta quadrilha”, informou Armando Pacheco.

Segundo o delegado, as prisões ocorreram na quinta-feira (31). A Seic teve a colaboração do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e do Centro Tático Aéreo (CTA).

Foram presos Anderson da Silva Viana (já possuía mandados de prisão pelas comarcas de Timon e Buriticupu), Moisés Lopes de Moraes, Ronildo Freitas Mendes (estava foragido da Justiça do Estado do Pará), Lucas Cardoso Assunção, Wanderson Aguiar da Luz, Pedro Alves Oliveira, Cleidiane Cordeiro da Silva, e um adolescente.

A polícia apreendeu com eles uma pistola e dois revólveres.

Jornal Pequeno

Redação Jornal Maranhão Agora

Written by Redação Jornal Maranhão Agora

Whatsapp +55 98 9911-4223

Deixe uma resposta

MP e Polícia Civil cumprem mandados contra grupo por esquema com emendas parlamentares de São Luís

Após troca de tiros, PM apreende cigarros contrabandeados