in , , ,

Com quatro anos de aluguel atrasado, prédio que abriga escola em São Luís é interditado

A Unidade de Ensino Básico São Sebastião no Bairro de Fátima em São Luís, foi interditada nesta quinta-feira (7) por falta de pagamento do aluguel do prédio onde está instalada. De acordo com Benedito Côelho, proprietário do imóvel, a Prefeitura de São Luís está há 4 anos e 11 meses sem realizar o pagamento.

Além disso, o proprietário decidiu interditar o prédio por conta das péssimas condições de infraestrutura do local. O imóvel está alugado para a Prefeitura de São Luís desde 2002 e desde então, passou por reforma somente uma vez. Benedito Coêlho alega que uma criança quase morreu por conta de um choque elétrico e por conta da situação, teme colocar a segurança dos estudantes em risco.

Prédio que abriga a Unidade de Ensino Básico São Sebastião em São Luís está com quatro anos de aluguel atrasado. — Foto: Reprodução/TV Mirante

Prédio que abriga a Unidade de Ensino Básico São Sebastião em São Luís está com quatro anos de aluguel atrasado. — Foto: Reprodução/TV Mirante

“O prédio está locado para o município desde 2012 e durante todo esse período, houve apenas uma intervenção no prédio no governo João Castelo. De lá para cá, nenhuma intervenção no prédio e como você pode ver a situação no prédio não é boa. Nós estamos interditando o prédio em razão dessa falta do pagamento dos alugueis, mas também pensando na segurança das crianças porque o prédio hoje não está em condições de funcionamento. Houve um acidente recente em que uma criança quase morre acidentada por choque elétrico, fizeram uma intervenção rápida, não concluíram”, explica o proprietário.

Benedito alega que procurou a prefeitura várias vezes, enviou ordens de pagamento e chegou a protocolar ofícios destinados a Secretaria Municipal de Educação (Semed) e Secretaria Municipal da Fazenda (Sefaz) mas nunca recebeu resposta.

Paredes da escola estão sujas e prédio está completamente abandonado — Foto: Reprodução/TV Mirante

Paredes da escola estão sujas e prédio está completamente abandonado — Foto: Reprodução/TV Mirante

A escola está desde agosto sem direção e o prédio ameaça cair. As paredes estão sujas e com o reboco caindo, há falhas na estrutura do telhado, faltam placas de borracha nas rampas de acesso ao prédio e a sujeira toma conta do local. A cantina da escola está completamente abandonada e foi transformada em depósito de cadeiras e mesas de salas de aula.

Na área de vivência da escola, a fossa está coberta com um pedaço de porta que não é mais utilizada. A situação também é crítica nos banheiros que estão sujos e com um odor desagradável. Além disso, a pia usada pelas crianças também está em péssimas condições e baldes foram colocadas para armazenar a água.

Portas do banheiro da escola estão caindo e mau cheiro toma conta do local — Foto: Reprodução/TV Mirante

Portas do banheiro da escola estão caindo e mau cheiro toma conta do local — Foto: Reprodução/TV Mirante

Nesta quinta-feira (7) pais e alunos que chegaram na escola ficaram surpresos com a interdição do prédio, mas alegam que a situação do local precisa ser resolvida. Eles afirmam que a unidade de educação já precisou ser fechada por conta de ratos que foram vistos nas salas de aula.

“Dificulta muito já que é tempo de provas. A gente coloca as crianças para estudar e quando é no outro dia e quando vem é essa decepção”, diz Jôse Machado, dona de casa.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) não se manifestou sobre o caso.

Fossa da escola está protegida com um pedaço de porta que não é mais utilizada — Foto: Reprodução/TV Mirante

Fossa da escola está protegida com um pedaço de porta que não é mais utilizada — Foto: Reprodução/TV Mirante

G1 MA

Redação Jornal Maranhão Agora

Written by Redação Jornal Maranhão Agora

Whatsapp +55 98 9911-4223

Deixe uma resposta

Mãe e filha são presas suspeitas de assassinato

Prefeito é acionado por tentativa de compra ilegal de terreno no Maranhão