SÃO LUÍS – Tiroteio, roubo de veículo, posse ilegal de armas de uso restrito e de munição, foram os crimes praticados por militares no último domingo, na Região do Pindaré. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que o sargento da Polícia Militar, Geovane Silva dos Santos, foi preso em flagrante no Km 260 da BR-316, em Santa Inês, quando conduzia um veículo Corola roubado. No carro foram apreendidos duas pistolas, uma arma de grosso calibre, mais de 60 munições de calibres diversos e um facão.

O militar estava com veículo parado às margens dessa rodovia federal na madrugada de domingo. Os policiais, primeiramente, constataram que o carro havia sido roubado no dia 10 de maio deste ano na cidade de Imperatriz. Os policiais constataram que o sargento transportava duas pistolas ponto 40, uma delas com 13 e a outra com 11 munições.

No decorrer da revista, A PRF encontrou no veículo uma arma longa ponto 12 com seis munições. Além disso, em uma bolsa havia 49 munições de calibres diversos. Todo o material foi apreendido. O flagrante foi, então, comunicado ao comandado do 7º Batalhão da Polícia Militar.

O sargento foi apresentado na delegacia regional de Santa Inês e autuado por receptação de veículo e posse ou porte ilegal de arma de fogo e munição de uso restrito. Ainda ontem, foi transferido para o presídio militar, no comando da PM, no Calhau, em São Luís.

Tiro

Ainda no domingo, 20, a tarde, o policial militar do Pará, José Ricardo Veras Gomes, foi preso dentro da Associação Atlética Tiradentes, no município de Pindaré-Mirim. O militar do estado paraense, natural do Maranhão, se envolveu em uma briga no clube e durante a confusão, ele teria disparados vários tiros e uma das balas atingiu a perna esquerda de Genilson Gomes Costa, que foi levado para o Hospital Tomaz Martins, em Santa Inês.

A vítima foi submetida a tratamento cirúrgico, mas não corre mais risco de morte, enquanto, o militar do Pará foi preso em flagrante e apresentado na sede do 7º Batalhão da Polícia Militar, em Pindaré-Mirim. Com o detido, foram apreendidos uma pistola ponto 40, quatro munições e um carregador de PT ponto 40. A Polícia do Pará já foi comunicada sobre o caso.

Mais ocorrência

A polícia também informou que um militar, não identificado, se envolveu, no domingo, 20, em uma discussão dentro de um ônibus interestadual, na rodoviária da cidade de Santa Inês. Um passageiro, nome não revelado, teria dito que o militar estava sob efeito de bebida alcoólica.

Durante a discussão, o militar empunhou uma arma de fogo, causando tumulto entre os passageiros. Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada e controlou a situação. O militar foi obrigado a descer do veículo, mesmo estando na companhia de seus familiares, que foram embarcados em outro ônibus, que tinha como destino São Luís.

O Estado