Na segunda-feira (14) pacotes foram localizados na região dos Lençóis Maranhenses, na praia Barro Vermelho, em Paulino Neves, a 197 km de São Luís.

Segundo pesquisadores cearenses, os fardos de borracha teriam se desprendido de um navio cargueiro alemão abatido na 2ª Guerra Mundial há 78 anos. De acordo com o oceanógrafo Leonardo Lima, o pacote oferece riscos ambientais no processo de decomposição.

“Ele [pacote], fisicamente, não tem grande problema com a população, quanto a encostar o dedo. Mas esse material vai se deteriorar nas praias, vai começar a se transformar cada vez mais em pedaços menores e contaminar todos os organismos da praia”, explica o oceanógrafo.

Além do Maranhão, os pacotes começaram a aparecer em outros estados do nordeste, como Alagoas e Ceará há um ano. Em outubro de 2018, os mesmos pacotes foram vistos nos municípios de Cururupu, Santo Amaro e Cândido Mendes.

G1MA