Se a proposta de Reforma da Previdência enviada pelo presidente Jair Bolsonaro for aprovada na íntegra pelo Congresso, os brasileiros terão duas grandes mudanças: a idade mínima exigida aumentará e não será mais possível aposentar-se apenas por tempo de contribuição.

Na prática, há uma grande regra geral para aposentadoria: é necessário atingir idade mínima de 62 anos (mulheres) ou 65 anos (homens) e contribuir por, no mínimo, 20 anos. Quem se aposentar nesse tempo mínimo receberá 60% da média salarial das contribuições feitas desde o início (ou desde 1994).