Uma erosão na Avenida Rio Gurupi do Residencial Ribeira, em São Luís, está preocupando moradores. Segundo eles, vários acidentes já foram registrados e a aproximação da temporada de chuvas pode agravar o problema.

O residencial foi construído com recursos do programa Minha Casa Minha Vida. Os moradores afirmam que em 2015 a empresa contratada pela Caixa não realizou a contenção de uma erosão que fica na esquina da avenida com a Rua do Contorno. O buraco cresceu e hoje é uma cratera de quase 10 metros de profundidade e que se aproxima das casas.

No lugar também não há sinalização. Segundo o ajudante de pedreiro Clésio Carlos, os riscos de acidentes são frequentes e um rapaz em uma motocicleta até caiu no abismo.

“Inclusive tá com uns quatro dias que uma menina vinha dirigindo um carro e quase ela cai aqui. Foi bem em cima desse barranco”

O contador João da Cruz é dono de uma casa que fica perto do ponto de erosão. Ele está preocupado porque as rachaduras estão aumentando e se aproximando do imóvel dele.

“São três semanas que fizeram a sondagem e até agora não tivemos retorno. O inverno já vai começar e isso aqui, com algumas chuvas, já vai tudo embora”, disse o contador.

Erosão na esquina da Avenida Rio Gurupi com a Rua do Contorno chega a 10 metros — Foto: Reprodução/Mirante

Erosão na esquina da Avenida Rio Gurupi com a Rua do Contorno chega a 10 metros — Foto: Reprodução/Mirante

Já Gilberto Silva, que trabalha como barbeiro, declarou que a Caixa (responsável pelo programa Minha Casa Minha Vida) e a empresa que executou a obra foram comunicadas sobre o problema. Uma equipe técnica da construtora tem vistoriado a área crítica, mas ainda não houve solução.

“O pessoal só vem aqui, olha e ninguém faz nada. Quando chegar o inverno não vai ter jeito e as casas vão cair aqui (…). Não sei o que eu faço mais”, declarou Gilberto.

Gilberto Silva teme o crescimento da erosão na Avenida Rio Gurupi para as casas próximas — Foto: Reprodução/TV Mirante

Gilberto Silva teme o crescimento da erosão na Avenida Rio Gurupi para as casas próximas — Foto: Reprodução/TV Mirante

A Secretaria Municipal de Urbanismo de São Luís informou que os problemas no Residencial Ribeira são de competência da construtora executora, tendo esta sido acionada dentro do prazo de garantia contratual da obra. A Secretaria também disse que o caso encontra-se na justiça.

Jornal Maranhão Agora/G1