Em jogo válido pela terceira rodada da Liga de Basquete Feminino, o Sampaio Corrêa recebe o Vera Cruz-SP, nesta terça-feira, às 20h (Horário de Brasília), no Castelinho. A partida vale a liderança para o time maranhense que vem de duas vitórias consecutivas.

Para continuar no caminho das vitórias, o time maranhense conta com o apoio do torcedor tricolor para lotar o caldeirão tricolor. O técnico da Bolívia Querida, Virgil Lopez, projeta muita dificuldade no duelo.

– Vai ser um jogo muito difícil porque as meninas do Vera Cruz Campinas sabem jogar e jogam juntas há muito tempo e isso é uma coisa bem difícil de alcançar no basquete. Nós temos só três semanas e meia de trabalho e o que vai nos fazer encorpar é trabalhar mais, mas não temos esse tempo. Somente depois do terceiro jogo é que vamos ter um tempo de trabalho maior para poder nos encorpar mais – analisou.

O adversário

A partida desta terça-feira contra o Vera Cruz Campinas tem tudo para ser a mais difícil do Sampaio Basquete até agora nesta temporada. Além de ser formada pela base do Corinthians Americana – atual campeão da LBF, o time de Campinas está invicto na edição deste ano do torneio nacional assim com o time maranhense.

Na última rodada, inclusive, o Vera Cruz Campinas foi até Recife e derrotou o Uninassau Basquete por 60 a 53. Na estreia, o time paulista já havia vencido o Ituano por 80 a 51.

A entrada no Castelinho para assistir o duelo entre Sampaio e Vera Cruz-SP e franca. A primeira fase da LBF 2018 terá 18 rodadas em dois turnos para definir os classificados às quartas de final. Na primeira etapa dos playoffs, os jogos serão decididos em até três confrontos, assim como nas semifinais. A grande decisão, por sua vez, terá série “melhor de cinco”.

Redação Maranhão Agora com informações de GE MA