Uma noite de festa para a cultura e a história do reggae maranhense. Assim foi a inauguração do Museu do Reggae Maranhão realizada pelo governador Flávio Dino. A casa funciona no Centro Histórico de São Luís e é a segunda em todo o mundo. A primeira fica na Jamaica.

O ex Deputado Federal e ex Ministro do Turismo Gastão Vieira esteve prestigiando o evento. “É uma honra e alegria muito grande prestigiar a inauguração de um símbolo para a cultura maranhense. A população só tem a ganhar, pois é mais uma alternativa para trabalho e renda”, afirmou Gastão.

Durante a festa, o público pôde conhecer os cinco ambientes do Museu do Reggae Maranhão. Além da homenagem aos grandes nomes do reggae maranhense já falecidos, realizada no espaço Imortais, outros quatro ambientes fazem o reconhecimento a tradicionais clubes de reggae da cidade: Clube Pop Som, Clube Toque de Amor, Clube União do BF e Clube Espaço Aberto.

O ambiente conta com relíquias do reggae, como uma guitarra da banda maranhense Tribo de Jah, instrumento que acompanhou a banda por mais de 20 países e fez parte da história do grupo, além de ter sido usada nas primeiras gravações de suas canções e em grandes shows nacionais e internacionais.

O Museu funciona na Rua da Estrela, Centro Histórico de São Luís, e fica aberto à visitação de terça a domingo, das 10h às 20h. A entrada é gratuita.

Agência do Maranhão – fotos Orcenil Jr.